Sábado, 14 de Agosto de 2004

Saudades!

São tantas
As saudades por ti, meu amor,
Que esqueço este meu sofrimento:
Ponta envenenada de dor,
Que se agrava com o passar do tempo.
Saudades,
Meu coração!
Doces lágrimas vão correndo,
Nesta terna e longa separação,
Só de amor e por amor eu me entendo.
De mim e para ti, meu amor,
Minha alma faz viajem,
Não há tempo nem estação,
Apeadeiro ou paragem.
E se te busco por todo o lado,
E em todo o lado eu te vejo,
Estou e estarei enamorado,
Com muita ternura e desejo.
Para ti mando um beijo,
Pois amar, com amor, nunca cansa!

saudade.gif
publicado por egasmoniz às 21:41
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Verdadeiramente Loucamente Profundamente!

Eu serei teu sonho,
Eu serei teu desejo,
Eu serei tua fantasia ,
Eu serei tua esperança,
Eu serei teu amor,
Eu serei tudo o que precisares!
Eu te amarei mais a cada vez que respiro,
Verdadeiramente Loucamente Profundamente!
Eu serei forte,
Eu serei fiel pois
Eu estou contando
Com um novo começo,
Uma razão para viver,
Um significado mais profundo.
Eu quero ficar contigo numa montanha,
Eu quero me banhar contigo no oceano,
Até que o céu desabe sobre mim!
E quando as estrelas,
Estiverem a brilhar bastante,
No veludo da noite,
Eu farei um pedido e mandarei para o céu.
Então farei com que tu queiras chorar,
As lágrimas de alegria,
Por todo o prazer e certeza,
Que nos rodeiam.
Então eu quero ficar contigo numa montanha,
Eu quero me banhar contigo no oceano,
Até que o céu desabe sobre mim!
Verdadeiramente, loucamente, profundamente!
publicado por egasmoniz às 10:21
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Numa vida...

Numa vida onde a própria vida é um incómodo, não há nada melhor do que arranjar algo que nos faça feliz. E eu encontrei-te a ti. Num vago, num vazio, num deserto. Onde tudo era tão escuro e tão distante.
Onde não existia o nome vida, e predominava sempre a solidão, a tristeza, o desespero...
Passado todo este tempo, não sei o que fiz. Todos os resultados visíveis que tenho são basicamente nulos.
Porque ao fim de todos os esforços, todos os berros de desespero, todas as lágrimas derramadas, ao fim deste coração quebrado, tudo o que tenho é um nada. Não consegui e mais uma vez falhei, mais uma vez deixei, vi partir aquilo que tanto queria. Vi-te partir para todo um sempre. Partiste para bem longe, e esse sítio distante não é vago nem deserto nem muito menos incómodo.
É simplesmente aquilo que tu querias. E aquilo que eu sempre desejei ficou guardado num sítio onde ninguém descobrirá. Onde ninguém conseguirá chegar.
O Adeus é triste de dizer, por isso não o digo. Apenas o escrevo e lamento esse facto. Apenas o escrevo com uma enorme vontade de voltar atrás e dizer de novo "olá".
Será que o posso fazer? Será que o devo fazer? Ou será apenas um engano entre tantos outros que já tive?
Onde estás? Volta desse mundo de maravilhas a quem eu te entreguei. Mas volta apenas se essas maravilhas não te fizerem sentir tão maravilhosa como aquilo que és.
Volta se o mundo não te aceitar, volta se tudo te falhar porque mesmo sem nada seres, mesmo sendo o oposto que hoje és... Serás sempre aquilo que eu sempre quis.
E tudo isto porque um dia te amei como ninguém te amou!
publicado por egasmoniz às 10:08
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

A tua ausência

Por vezes, ao caminhar sozinho na estrada da vida sinto a tua ausência, quando olho para o céu e as estrelas paradas me iluminam, mas não conseguem ser uma fonte inspiradora do meu ser, como tu.... Não sabes a falta que me fazes! O teu cheiro, a tua voz, o teu sorriso, o teu olhar, o teu cabelo, tu!. Mergulho em vão na noite à procura por ti... Nunca te encontro!
Entre copos de whisky que tento que sejam a minha companhia, para te esquecer, relembro no rebordo de cada cálice de cristal, os teus ( saborosos) lábios ausentes, o que só me poderia levar a beber mais e mais, pois assim sentiria o prazer da boca que ainda espero beijar... Porém, páro e nunca abuso, pois tudo o que se faz em substituição de ti está errado. És insubstituível! Pois, no amor verdadeiro nada combate a ausência e os momentos que este deixou.
Sei que te marcarei para sempre, como uma tatuagem que um dia fizeste e que agora, mesmo que queiras, nunca conseguirás apagar. Já faz parte do teu ser. Sei o significado que tenho para ti.
Será que sei mais alguma coisa? Sei...! Sei que o nosso amor vive dentro de nós, embora não o admitas!
publicado por egasmoniz às 10:07
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Para ti!

Um destes dias vou poder
Apaixonar-me outra vez,
Sem me importar de saber
Se vai durar um ano ou um mês,
Pois passo,
Noites sem ti
Onde me perco.
Procuro por mim,
Na paixão do incerto.
E saber que não me amas
Mas mesmo assim...

Junto ao mar
Recordo-me de ti
Imagino,
Porque é que a vida
Nos fascina?
E tantas vezes nos domina?
Acreditar que no amor
Não se sente a dor
É tudo mentira!

Tu não sabes
Que o sonho não morreu
Quando o beijo se perdeu,
Que a manhã não acabou?
Tu não sabes,
Que ninguém é de ninguém,
Mesmo quando se ama alguém?
Que ninguém é de ninguém,
Quando a vida nos contém?
Que ninguém é de ninguém,
Quando dormes a meu lado?
Que ninguém é de ninguém,
Quando fico acordado vendo-te dormir?...

Saí daqui para bem longe,
Fiz-me à estrada ao amanhecer.
À deriva sem nada a perder,
Fui embalado pelo vento
Deixei-me ir nas horas do tempo!
Tantas memórias ficaram por contar
Das tristezas não quero falar!
Será que a culpa foi toda minha?

Dá-me vontade
De te ter a meu lado,
Vendo-te a olhar para mim.
Sei que estou apaixonado,
Mas não posso ficar assim!
A primavera da vida é bonita de viver,
Tão depressa o sol brilha como a seguir está a chover.
Para mim hoje é Janeiro, está um frio de rachar,
Parece que o mundo inteiro se uniu para me tramar!
Tenho vontade de te ver,
Vontade de te abraçar...

Deixei as palavras
Devorar-me os segredos,
Abracei o amor
E prendi-o entre os dedos.
E agora?


“Well everybody hurts,
Sometimes, everybody cries!
And everybody hurts…
Sometimes!”

publicado por egasmoniz às 10:06
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Terça-feira, 10 de Agosto de 2004

Amor impossível

As vezes, queima-nos o silêncio,
Mordem-se os lábios no desejo,
O olhar entrega o sentimento,
Revoltado pela tua indiferença...

Imagino-te como peregrina,
Maravilhando outro corpo,
Perdida noutro leito,
Ostentando o prazer que me é oculto!
Sonho com o teu beijo,
Sugando todo o meu ser,
Invento-te em cada noite,
Vestindo-me de prazer...
E chega a manhã e tu onde vais?
Levou-te o vento para outro cais...
publicado por egasmoniz às 09:53
link do post | comentar | favorito
Sábado, 7 de Agosto de 2004

Quem é Afrodite?

Afrodite é o nome que eu dei à rapariga pela qual me apaixonei, pois ela é a minha Deusa do Amor e Sensualidade!
Mas como deusa que é , não é de ninguém, não é minha nem tua!
Ela é uma deusa implacavel, pois teceu a sua teia do amor sobre mim, e eu fiquei preso, mas pior do que isso é que ela guardou-me para "devorar" mais tarde, quando todos já tiverem sidos dominados.
Deixou-me na fila da frente para eu ver todos aqueles que ela conquista, abusa e deita fora!
No entanto apesar do meu sofrer, eu não a odeio, mas a amo cada vez mais, e tenho esperanças...
publicado por egasmoniz às 15:36
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Luis de Camões- o único que me compreende!

00.jpg

Amor é um fogo que arde sem se ver,
é ferida que dói, e não se sente;
é um contentamento descontente,
é dor que desatina sem doer.

É um não querer mais que bem querer;
é um andar solitário entre a gente;
é nunca contentar se de contente;
é um cuidar que ganha em se perder.

É querer estar preso por vontade;
é servir a quem vence, o vencedor;
é ter com quem nos mata, lealdade.

Mas como causar pode seu favor
nos corações humanos amizade,
se tão contrário a si é o mesmo Amor?
publicado por egasmoniz às 14:38
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2005

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


.posts recentes

. www.egasmoniz2.blogs.sapo...

. Comunicado à blogosfera!

. estrelas

. Eu dormi, sonhei, acordei...

. ...

. Bom fim de semana!

. ...

. Romantismo

. ...

. ...

.arquivos

. Agosto 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds