Terça-feira, 10 de Agosto de 2004

Amor impossível

As vezes, queima-nos o silêncio,
Mordem-se os lábios no desejo,
O olhar entrega o sentimento,
Revoltado pela tua indiferença...

Imagino-te como peregrina,
Maravilhando outro corpo,
Perdida noutro leito,
Ostentando o prazer que me é oculto!
Sonho com o teu beijo,
Sugando todo o meu ser,
Invento-te em cada noite,
Vestindo-me de prazer...
E chega a manhã e tu onde vais?
Levou-te o vento para outro cais...
publicado por egasmoniz às 09:53
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2005

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


.posts recentes

. www.egasmoniz2.blogs.sapo...

. Comunicado à blogosfera!

. estrelas

. Eu dormi, sonhei, acordei...

. ...

. Bom fim de semana!

. ...

. Romantismo

. ...

. ...

.arquivos

. Agosto 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds